E a documentação na hora de comprar carro usado?

Fique por dentro de algumas dicas para adquirir seu carro usado, saiba quais documentos você precisa ter em mãos para adquirir o automóvel

0
626

Comprar carro usado pode ser uma excelente alternativa para quem está buscando economia ou possui um orçamento restrito. Porém, além de verificar a funcionalidade e bom estado do veículo, é fundamental que o comprador busque todas as informações possíveis em relação à documentação do automóvel.

Não proceder de forma cautelosa pode levar o comprador a ter sérios prejuízos e dores de cabeça. Desconhecer que um automóvel possui pendências no banco ao adquiri-lo, por exemplo, pode trazer um grande problema — nesse caso, o comprador pode ter uma séria dificuldade para que o dinheiro seja devolvido ou a situação seja regularizada.

No post de hoje, relacionamos 5 itens para os quais você deve dar bastante atenção antes de comprar carro usado. Acompanhe!

Pesquisa da situação do veículo

Antes de adquirir um automóvel seminovo, faça uma pesquisa on-line e gratuita junto ao Departamento de Trânsito (Detran) local, para saber se o carro possui multas, impostos pendentes, registro de furto ou roubo, restrições ou bloqueios devido à ausência de transferência e outros.

Outra alternativa é levar diretamente ao departamento o Certificado de Registro de Veículo (CRV) ou o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e efetuar essa pesquisa, que também é gratuita.

Aquisição de carro com registro de roubo

Não é uma boa ideia adquirir um veículo que possua registros de furto ou roubo, pois muitas seguradoras bancárias negam fornecer o seguro para esse automóvel — além do preço do carro correr o risco de ser desvalorizado no ato da compra e venda.

Conferência do chassi

Faça a conferencia se o chassi registrado no documento é o mesmo que os outros chassis que ficam registrados no próprio veículo. Caso você tenha dificuldades, procure o Detran e solicite a análise do mesmo. Em alguns departamentos, essa vistoria não gera custos.

Atenção aos prazos estabelecidos

O prazo para realizar a transferência do veículo é de até 30 dias. Se a transferência não ocorrer, é considerado como infração grave, gerando uma multa de R$ 127,69 e inclusão de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Transferência ao comprar carro usado

Com o licenciamento em mãos (CRLV), procure uma agência bancária com o número do Renavam para o recolhimento da taxa. Em São Paulo, o valor de transferência é de R$ 163,63 para licenciamentos quitados no ano atual, e R$ 235,88 caso ainda não tenha sido realizado o pagamento. Volte ao Detran com o recibo de quitação, CNH, CPF, comprovante de endereço original e cópia de todos esses itens.

Já o Certificado de Registro de Veículo deve ser original e com firma reconhecida em cartório. É necessário apresentar também o recibo de quitação das pendências, caso o veículo tenha restrições. É necessário, ainda, o laudo de vistoria de identificação veicular e o formulário Renavam devidamente preenchido em duas ou mais vias originais.

Ficou alguma dúvida com relação à documentação na hora de comprar carro usado? Deixe o seu comentário!

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY