Suspensão do carro: 5 cuidados que você precisa ter!

Cuidar do sistema de suspensão do carro é essencial para a segurança, conforto dos ocupantes e manter a estabilidade da direção do veículo

1
2696

A suspensão do carro tem um papel fundamental de manter os pneus em contato com o solo, absorvendo os impactos e garantindo a estabilidade do veículo — proporcionando, assim, conforto ao motorista e passageiros. Para que essas funções possam ser cumpridas com eficiência, as peças do sistema como molas, braços e amortecedores, devem estar em bom estado de conservação.

Para isso, algumas dicas importantes precisam ser seguidas. No post de hoje, vamos falar sobre alguns cuidados que você precisa ter com a suspensão do seu carro. Continue lendo!

1. Realizar manutenção preventiva

Um cuidado que, apesar de óbvio, muitos proprietários de veículos insistem em não tomar é a realização de uma manutenção preventiva eficiente. Muitas pessoas esperam acontecer algum problema para levar o carro na oficina.

O ideal é que seja feito um plano de manutenção, levando em consideração a vida útil de cada componente da suspensão do carro. Essa prática, além de manter a segurança do veículo, vai lhe ajudar a economizar, pois a manutenção preventiva é sempre mais barata que a corretiva.

2. Lubrificar regularmente a suspensão

A prática de lubrificar ou lavar regularmente a suspensão do seu veículo pode garantir um melhor desempenho e também aumentar a vida útil dos componentes de borracha. Confira, inicialmente, qual o tipo de produto deve ser utilizado na lavagem da suspensão: devem ser evitados os derivados de petróleo que possam atacar quimicamente as peças de borracha.

A sugestão é utilizar água com detergente ou sabão, desde que eles sejam neutros.

3. Fazer o alinhamento e balanceamento

É fundamental que o alinhamento e balanceamento sejam realizados a cada 10 mil km rodados, pois um veículo sem essas manutenções está sujeito a trepidações e movimentos bruscos, que podem prejudicar a integridade da suspensão com um todo.

Importante informar que o alinhamento e balanceamento só terão eficiência se as peças do kit suspensão estiverem sem qualquer problema.

4. Ficar atento a possíveis problemas

Quando se observa vibração no volante, pode ser sinal de um problema na parte da frente do veículo, possivelmente no alinhamento das rodas. O problema pode ser um final tirante ou até mesmo uma bucha de controle.

Sentir vibração no assento pode sugerir um problema na parte de trás do veículo, como um pneu desgastado ou rolamento de roda. Esses itens devem ser observados para que você possa se antecipar aos problemas com a suspensão do carro e levá-lo a uma oficina de confiança o quanto antes.

5. Pensar bem antes de rebaixar o carro

A forma mais antiga, e ainda utilizada para rebaixar os veículos, é “cortar as molas” da suspensão. Além de estar proibida temporariamente, essa prática não é nem um pouco recomendada pelas montadoras, pois diminui consideravelmente a estabilidade do carro e acaba danificando varias peças da suspensão.

Esse famoso costume de “cortar as molas” para rebaixar o carro pode fazer uma grande diferença durante uma frenagem de emergência ou qualquer tipo de manobra.

Gostou do post? Então curta a nossa página no Facebook e confira todas as nossas novidades!

1 COMMENT

LEAVE A REPLY