Quando os pneus importados são uma boa opção?

0
28661

Quando chega a hora de trocar os pneus do carro, muitas dúvidas podem surgir devido à ampla variedade de opções disponíveis. Nos dias de hoje, é fácil encontrar diferentes marcas e modelos de pneus importados, o que pode se tornar uma vantagem para quem souber encontrar aquele que melhor atende às suas necessidades.

Com o aumento da entrada de outros países no mercado automotivo brasileiro, você com certeza já se deparou com pneus importados. Curiosamente, nem sempre são mais caros que os nacionais e podem se apresentar como boas opções.

Por isso, listamos, neste post, algumas informações sobre pneus importados e como saber se é essa é a melhor escolha para você. Confira!

Confira ofertas de pneus no classificados da UsadosBR

Aumento dos produtos chineses no Brasil

aumento de pneus importados

De acordo com a ANIP (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos), cerca de 40% do mercado brasileiro hoje é dominado pelos importados.

Uma das razões seria o crescimento do mercado chinês, devido ao seu preço bem mais baixo, aliado ao aumento dos preços dos produtos fabricados internamente.

Com isso, é possível ter acesso a nacionais e importados em mesma quantidade nas lojas especializadas. Mas, há alguma diferença entre um e outro?

A resposta é sim. É importante saber que essa variação dos preços pode vir acompanhada de uma diferença na qualidade e na durabilidade dos pneus. No caso dos chineses, a principal crítica dos usuários tem sido a vida útil mais curta. Por isso, é bom ficar atento.

Opção mais barata

Você pode optar por um pneu importado de custo inferior para economizar. Porém, é bom antes verificar o histórico da marca para saber a opinião de outros consumidores.

Pneus chineses costumam ter preços bem mais baixos, mas isso pode significar falta de garantia na compra e vida útil reduzida.

Faça sempre a manutenção preventiva do seu veículo e verifique o estado dos pneus.

Não esqueça de mantê-los calibrados e checar se há a necessidade de fazer o rodízio. Isso é importante para aumentar a durabilidade do conjunto e fazer valer a pena o investimento.

Aqui listamos 10 dicas para conservação dos pneus que vão te ajudar a economizar.

Modelos específicos

pneus importados para carros esportivos

Modelos esportivos de veículos costumam exigir pneus específicos para garantir um bom desempenho, e muitas vezes esses pneus já são originais importados. Se seu plano é manter essa característica, é importante utilizar o pneu adequado.

Seja para carro ou moto, se o objetivo é enfrentar estradas de terra ou situações extremas, não vale a pena investir em um pneu mais barato que vá te deixar na mão.

Algumas marcas nacionais são extremamente eficazes, mas se o seu veículo já utiliza um pneu importado de fábrica, é interessante manter o padrão.

Neste post você pode aprender a escolher o pneu mais adequado para o seu carro.

Confira o DOT antes de comprar

O DOT do pneu é um código usado para indicar diversas informações sobre um produto, incluindo a sua data de validade.

Ele é composto por 13 dígitos localizado na lateral do pneu. Veja esse exemplo: 165 OF6EC5 1218.

  • 165 – Indica o código da planta onde o pneu foi produzido;
  • OF6EC5 – Indica a medida e modelo do pneu;
  • 1218 – Indica a data de fabricação (semana/ano).

O último bloco do DOT é muito importante pois informam a semana e o ano da fabricação. No exemplo acima, o pneu foi fabricado na décima segunda semana (12) do ano de 2018 (18).

Apesar de não existir um prazo de validade, a ANIP reforça a importância de fazer a manutenção adequada:

  • Calibrar os pneus semanalmente;
  • Realizar o rodízio de pneus, bem como seu alinhamento e balanceamento;
  • Estar sempre atento aos sinais de desgaste.

Além disso, o perfil de direção do motorista influencia na durabilidade do pneu, pois dirigir de forma agressiva ou em locais com muito trânsito requer frenagens constantes e tende a gastar mais o pneu.

O motorista também deve ficar atento ao limite de segurança de 1,6 mm de profundidade indicado nos sulcos do pneu.

Essa marcação é uma saliência de borracha e, quando atingida, indica que o pneu chegou ao seu limite e deve ser trocado, pois passou a ser considerado “careca”.

Vale lembrar que, além de interferir na segurança, o motorista pode ser autuado pelas autoridades de trânsito caso circule com pneus nesse estado.

Custo-benefício

No caso de usuários que não viajam muito e circulam por vias de boa qualidade, os pneus importados podem surgir como uma boa opção.

Ao optar pelos mais baratos, é interessante verificar que sua durabilidade pode ser maior se você não exige demais do sistema como um todo.

De qualquer forma, é fundamental que você verifique o histórico da marca do pneu que pretende comprar e acompanhe regularmente o desempenho deles durante o uso.

Não esqueça que manter o veículo em bom estado é uma garantia para facilitar sua venda no futuro.

Pneus são itens essenciais e você deve levar isso em consideração na hora da compra para garantir uma direção segura.

Se a relação custo-benefício for vantajosa, pneus importados podem ser uma opção interessante. Saiba quais são suas necessidades e escolha aquele que melhor corresponde a elas.

Gostou do post? Então deixe seus comentários e conte-nos quais são as suas marcas de pneus preferidas!

Você também pode gostar de ler:

Gostou do nosso conteúdo? Nos acompanhe também em nossas redes sociais:

Facebook (facebook.com/usadosbr)
Instagram (instagram.com/usadosbr)
YouTube (youtube.com/usadosbr)
LinkedIn (linkedin.com/company/usadosbr)
Twitter (twitter.com/UsadosBR)
Revista UsadosBR (revista.usadosbr.com)

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY