7 itens importantíssimos na hora da manutenção preventiva

Fique atento em alguns itens que devem ser sempre observados em uma manutenção preventiva e aos cuidados na hora de procurar esse serviço

3
1103
Imagem: Divulgação

Quase todos sabemos a importância de se fazer uma manutenção preventiva regularmente. Com ela, você mantém seu carro com o funcionamento adequado, reduz o consumo de combustível, evita problemas maiores e prejuízos no futuro — e ainda garante um bom estado do carro em uma possível venda ou troca.

Neste post, separamos uma lista de alguns itens que devem ser sempre observados em uma revisão, além de outros cuidados que devemos ter na hora de procurar esse serviço. Confira!

Pneus

Sendo um dos componentes que mais se desgastam em um carro, é fundamental a revisão dos pneus. Observe se os sulcos estão gastos demais — coloque uma moeda no sulco, se ela entrar menos de meio centímetro, indica desgaste. Sendo assim, procure uma revendedora de confiança, e se necessário, troque os quatro pneus de uma vez. Lembre-se que, além da estabilidade, pneus com excesso de uso aumentam o consumo de combustível.

Velas

Não espere as velas estragarem para trocá-las. Faça esse procedimento exatamente como manda o fabricante. Esse é o item mais importante na questão do consumo de combustível, portanto, não hesite em trocar todas de uma vez se somente uma apresentar problemas.

Troca de óleo

Em uma manutenção preventiva, esteja sempre atento à troca dos fluidos. Tanto o óleo quanto o filtro do motor devem ser trocados a cada 10 mil quilômetros ou a cada seis meses de uso — mas podem aparecer problemas em menos tempo, e isso pode prejudicar muito o motor. Em qualquer sinal de mau funcionamento, faça a troca. Observe também os níveis de óleo da caixa e da direção hidráulica.

Filtro de ar

Esse é outro componente muito importante no motor, pois o fluxo de ar ajuda demais em um funcionamento correto, evitando um grande desgaste. Sua manutenção e fácil e barata, sendo recomendada a troca a cada 12 meses, mas isso pode variar dependendo do uso do carro. Quanto mais utilizado for o veículo, mais cedo a troca deve ser feita.

Alinhamento e balanceamento

Além da questão da segurança e da estabilidade, um bom alinhamento e balanceamento são fundamentais para manter o estado dos pneus no nível desejado. Recomenda-se o procedimento a cada 10 mil quilômetros, mas se você notar algo diferente em relação à estabilidade (isso pode ocorrer depois de se passar por um grande buraco ou por um terreno acidentado, por exemplo), leve o carro a uma oficina mecânica.

Freios

Outro item que deve ser revisado a cada 10 mil quilômetros. Verifique óleo, disco e pastilhas. Além de importantíssimos na segurança, freios mal calibrados fazem o carro gastar mais combustível — já que o motor precisa fazer mais força para rodar.

Combustível

Embora não entre necessariamente em uma manutenção, essa medida pode e deve ser adotada por todos os condutores como ação preventiva. Procure abastecer seu veículo somente em postos registrados com o selo da ANP.

Existem grupos nas redes sociais que relatam postos que vendem combustíveis irregulares. Para evitar problemas, procure conhecê-los. Gasolina e etanol “batizados” com querosene ou água podem trazer problemas irreversíveis ao motor, acarretando grandes prejuízos.

A manutenção preventiva é fundamental para manter o veículo rodando satisfatoriamente e com o consumo correto de combustível. Para saber mais sobre o assunto, confira este artigo sobre como escolher uma oficina mecânica de confiança!

3 COMMENTS

LEAVE A REPLY