Honda confirma novo Civic Si para o Brasil em 2018

1
757
Imagem: Divulgação

Os apaixonados por carro esportivo podem comemorar! Depois de quase dois anos após ter sido descontinuado, o Honda Civic Si voltará a ser comercializado no Brasil no final do 1º semestre de 2018. A vinda da nova geração do cupê esportivo da fabricante japonesa foi confirmado pelo presidente da Honda América do Sul, Issao Mizoguchi nesta segunda-feira (23), em evento em Tóquio.

Apesar de também possuir na versão sedã de quatro portas, o Honda Civic Si será vendido na invocada versão coupé de 2 portas. Os preços ainda não estão definidos. Estimativas giram em patamar em torno de R$ 150 mil, um pouco superior ao do rival Volkswagen Golf GTI, que custa pouco mais de R$ 130 mil e receberá atualização no fim deste ano.

Desing

No visual, o Civic Si coupé 2018 traz uma grade dianteira com friso preto, tomadas de ar mais amplas, rodas de liga-leve de 18 polegadas com novo desenho, lanternas traseiras com barra de LED horizontal. Além de um ligeiro aerofólio mais pronunciado e sistema de escape em posição central com formato poligonal e acabamento cromado.

O interior do cupê esportivo oferece bancos esportivos tipo concha com o nome da versão estampado no encosto e costuras vermelhas. O painel de instrumentos tem iluminação em TFT vermelha. O friso do painel de instrumentos conta com acabamento Dry Metal Carbon e os pedais e alumínio.

Na lista de itens de série há ar-condicionado digital de duas zonas, sistema de som com 10 alto-falantes e 450 watts, central multimídia com tela de 7 polegadas sensível ao toque, com conexão para Android Auto e Apple CarPlay. Há ainda controle de estabilidade e de tração, sensor de chuva, sistema keyless, freio de estacionamento eletrônico.

Motorização Civic Si coupé

O Honda Civic Si chegará equipado com o motor turbo 1.5 litro turbo, dotado de quatro cilindros presente na versão Touring, a mais cara vendida atualmente no país. Mas há diferenças. Para equipar a versão mais esportiva, o motor com injeção direta e duplo comando de válvulas variáveis no cabeçote (Dual VTC) passou por um remapeamento da injeção de gasolina e aumento da pressão do turbo.

Com a mudança, os rendimentos originais foram elevados de 173 cv para 208 cv de potência (com gasolina). O torque máximo também saltou de 22,4 kgfm para 26,6 kgfm a 2.300 rpm. Junto a este propulsor o câmbio CVT de 8 marchas simuladas na Touring dará lugar à transmissão manual de seis marchas com engates curtos.

Confira a galeria:

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo UsadosBR no:

Facebook (facebook.com/usadosbr)
Instagram (instagram.com/usadosbr)
YouTube (youtube.com/usadosbr)

1 COMMENT

LEAVE A REPLY