A tecnologia está em constante evolução, especialmente quando pensamos nos carros. Independentemente se o motivo é aumentar a segurança ou o desempenho, há sempre coisas novas saindo a cada ano. Um exemplo disso é sobre a direção dos carros, que foi ficando mais leve e segura ao longo do tempo. Mas, entre a direção hidráulica ou elétrica, qual é a melhor ou a mais indicada?

Para responder essa pergunta, vamos entender primeiro como funciona cada sistema. Confira:

Como cada sistema funciona?

Em ambos os casos, o sistema simplesmente adiciona força na direção para que o motorista tenha que fazer menos esforço. Abaixo detalhamos as principais diferenças entre os sistemas:

Direção hidráulica

A direção hidráulica ganhou popularidade nos anos 70, mas nos caminhões. Ao perceber as necessidades dos motoristas de veículos leves desse tipo de direção, as montadoras resolveram adaptar o sistema para carros de passeio e hoje é um item de extrema importância na hora da compra. 

Nela, um pistão hidráulico ligado à caixa de direção utiliza fluido pressurizado para reduzir a força ao virar a roda. O movimento do fluido é impulsionado por uma bomba hidráulica, que é ligada diretamente ao motor. Isso faz com que o motor tenha que movimentá-la, mesmo que o motorista não esteja realizando uma curva, por exemplo.

Ofertas de carros com direção hidráulica no UsadosBR

Direção elétrica

A direção elétrica possui um motor elétrico independente, que atua junto com a caixa de direção. Ela é ainda mais leve do que a direção hidráulica e seu trabalho funciona de acordo com a velocidade do carro. 

Há sensores que monitoram a força a ser aplicada à roda, oferecendo a ajuda necessária ao motorista. Os principais benefícios desse sistema são o menor peso do conjunto e a menor exigência por parte do motor, que resulta em economia de combustível. 

A menor quantidade de peças móveis no sistema elétrico diminui a necessidade de manutenções.

Ofertas de carros com direção elétrica no UsadosBR

Direção eletro-hidráulica

Existe também um terceiro sistema que é um híbrido entre a direção elétrica e hidráulica. Nesse caso, a bomba hidráulica é acionada pelo motor elétrico independente, e não pelo motor do carro. Assim, a direção fica mais leve, como na hidráulica. 

No entanto, assim como a direção hidráulica, a eletro-hidráulica precisa de manutenções periódicas e troca de correias e fluídos.

Qual delas é mais eficiente?

Assim que o motor é ligado, a bomba hidráulica, que está permanentemente ligada ao virabrequim do motor, entra em ação e continua em movimento até que ele seja desligado. 

Esse movimento gera atrito interno, exigindo que o motor consuma alguma energia para manter o funcionamento.

Por outro lado, o sistema auxiliar elétrico requer a energia necessária somente quando está realmente sendo utilizado, ou seja, quando o volante está sendo virado. Por isso, a direção elétrica ajuda a economizar combustível. 

Qual deles é mais confiável?

Embora ainda não haja estatísticas, acredita-se que o sistema elétrico seja mais confiável em relação à necessidade de manutenções.

A ideia é justificada pelo fato de que o sistema elétrico tem um número bem menor de componentes e não utiliza nenhum tipo de líquido, eliminando a necessidade de manutenção preventiva e o risco de vazamentos.

Por outro lado, os defensores da direção hidráulica acreditam que a direção elétrica é menos segura pois, com o carro em alta velocidade, mais leveza no volante pode oferecer risco.

E agora? Direção hidráulica ou elétrica?

Do ponto de vista da utilização, a questão fica bastante subjetiva, já que alguns motoristas sentem que o sistema hidráulico proporciona uma sensação maior de controle, enquanto o elétrico traz uma experiência dita monótona.

Nesse sentido, o interessante é experimentar os dois sistemas para saber qual se adequa ao seu estilo de direção.

Entretanto, quando analisamos a eficiência de cada sistema, sem dúvida a vantagem fica com a direção elétrica, já que promete economia de combustível, aliada a menores gastos com manutenção.

Quando se fala em manutenção, a direção hidráulica precisa de atenção redobrada com possíveis vazamentos nas mangueiras de baixa e alta pressão e também na caixa de direção. 

A favor da direção hidráulica, pesa apenas o fato de que essa tecnologia já está sedimentada pelos anos que tem sido utilizada, com grande oferta de mão de obra.

Na hora de escolher o próximo carro, é preciso avaliar todas as vantagens e desvantagens que cada direção oferece. É importante estudar o preço do veículo, das manutenções e o custo-benefício.

Qual sistema você prefere? Direção hidráulica ou elétrica? Deixe sua opinião nos comentários!

O que achou do nosso conteúdo? Nos acompanhe também em nossas redes sociais:

Facebook (facebook.com/usadosbr)
Instagram (instagram.com/usadosbr)
YouTube (youtube.com/usadosbr)
LinkedIn (linkedin.com/company/usadosbr)
Twitter (twitter.com/UsadosBR)
Revista UsadosBR (revista.usadosbr.com)

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY