Citroën revela o C5 Aircross com versões de até 304 cv

Bem-equipado, com desenho futurista e suspensão hidráulica, C5 Aircross é o modelo mais potente já feito pela montadora e terá opção híbrida

0
905

A Citroen revelou o novo C5 Aircross, para o público durante os primeiros dias do Salão de Xangai, um dos maiores eventos automotivos do oriente. O modelo com estilo ousado e futurista será o mais potente da história da montadora e está acompanhado de uma versão híbrida com 304 cv de potência e uma inédita suspensão com batentes hidráulicos.

No visual, se destacam os faróis duplos de LED na parte da frente e colunas na cor preta.. Há ainda detalhes coloridos na carroceria (que podem variar de tons), além de barras cromadas sobre o teto e ao redor das janelas das portas.

Internamente, a aparência é mais tradicional, com materiais em tons de marrom e preto. O veículo conta com um console central elevado, que separam o motorista do passageiro. No console, o painel de instrumentos é composto por uma tela de TFT configurável de 12,3’ e uma central multimídia de 8’, complementada por botões sensíveis ao toque.

O C5 Aircross também conta com uma boa oferta de equipamentos, como faróis adaptativos com luz alta automática, alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixa, controle de velocidade adaptativo, câmeras de 360°, freio de estacionamento elétrico e alerta de colisão iminente.

Além disso o modelo conta com uma suspensão, dotada de um sistema batizado como “Almofadas Hidráulicas Progressivas” que tem o objetivo melhorar o amortecimento e deixar a direção mais confortável por meio de duas etapas: uma de compressão e outra de ricochete.

Motorização

O C5 Aircross é construído sobre a plataforma EMP2 da PSA e será vendido em três configurações. As duas primeiras, movidas a gasolina, terão um motor 1.6 turbo (THP) de 167 cv e 202 cv e câmbio automático de seis velocidades.

A versão de topo será o C5 Aircross hibrida plug-in, que contará com um conjunto de propulsor a gasolina e dois motores elétricos instalados nas rodas traseira, que trabalharão juntos para fornecer 304 cv, transformando o SUV no carro mais potente já feito pela Citroën. Sozinho, o motor elétrico possui autonomia de 60 quilômetros.

O novo SUV será vendido na China a partir de outubro e as configurações europeias devem ser reveladas próximo ao lançamento para aquele mercado, que deve ocorrer na segunda metade de 2018.

Confira a galeria:

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo UsadosBR no:

Facebook (facebook.com/usadosbr)
Instagram (instagram.com/usadosbr)
YouTube (youtube.com/usadosbr)

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY