O Solo é um veículo curioso pois mistura uma moto e um carro e é feito para levar apenas um ocupante. A Electra Meccanica, fabricante do modelo, afirma que o Solo é o meio de transporte ideal para deslocamentos urbanos e representa o futuro da mobilidade urbana. Então, vamos conhecer um pouco mais sobre esse carro para uma pessoa

O lançamento do modelo está previsto para o terceiro quadrimestre de 2020, nos Estados Unidos. E, devido a pandemia do coronavírus, o Solo pode ser um sucesso de vendas afinal, com as medidas de isolamento social, o transporte público passou a colocar a vida das pessoas em risco. 

Já que uma grande parte dos motoristas andam a maior parte do tempo sozinhos em seus carros, o Solo seria uma opção ideal, especialmente em grandes cidades. 

Veja ofertas de carros elétricos e híbridos no site usadosBR

Mas, e como funciona o Solo?

Solo, o carro para uma pessoa

O Solo é bem parecido com qualquer automóvel convencional. Porém, é um carro para uma pessoa, com um teto mais alto e apenas 3 rodas.

Imagina o Romi-Isetta, carro minúsculo brasileiro. Enquanto no Isetta você embarca em uma única porta dianteira, o Solo possui duas portas laterais, como um carro normal. 

Ele mede apenas 3,09 metros de comprimento, 1,46 metros de largura e 1,34 metros de altura. Ele traz um chassi de alumínio e a cabine é protegida por uma estrutura tubular. Ele pesa 775 kg. Poderia ser até um pouco mais leve, se não fossem as baterias. 

O Solo tem rodas de liga leve dianteiras de 15 polegadas, enquanto a roda traseira é de 16 polegadas. 

A capacidade do porta-malas é de 141 litros.

Hatchs e compactos você encontra no site usadosBR

Motorização e tecnologia 

Solo, o carro para uma pessoa

O Solo tem tração traseira. Sua potência é de 55 cavalos, com 13 kgfm de torque. Segundo a montadora, o carro vai de 0 a 100 km/h em cerca de 10 segundos. 

A velocidade máxima do carro é de 129 km/h e  ele tem autonomia de 160 km, com uma carga completa das baterias de 17,3 kWh. Mas, como a ideia é um veículo de uso urbano, essa autonomia é mais do que suficiente. 

O Solo pode ser carregado em uma tomada convencional. Se for 220 V, a recarga sobe de 15% a 90% em apenas 2,5 horas. Entretanto, se a voltagem for 110 V, são necessárias 8 horas para atingir 60% da carga. 

De série, ele vem com ar condicionado, som com bluetooth e câmera de ré. O painel de instrumentos é digital. Além disso, ele conta com vidros e retrovisores elétricos. No entanto, ele não possui airbags. 

Afinal, é um carro, moto ou triciclo?

Solo, o carro para uma pessoa

O Solo se parece com um carro: é totalmente fechado, possui volante e pedais normais e se dirige como um carro. Mas, tecnicamente, o Solo é considerado uma motocicleta nos EUA. 

Se vier para o Brasil, ele também não poderá ser classificado como um carro. Isso porque airbags são itens de segurança obrigatórios nos automóveis por aqui. Ele poderia ser classificado como triciclo.

Confira ofertas de motocicletas no site usadosBR

Quanto custa o carro para apenas uma pessoa?

O Solo é fabricado pela empresa canadense Meccanica, em Chongqing, na China. Ele custa US$ 18,5 mil (algo em torno de R$ 110 mil). Ou seja, o preço de um sedã ou SUV, que leva o motorista e mais quatro passageiros.

Então, um carro para apenas uma pessoa, como o Solo, seria uma boa opção para o Brasil? Deixe aqui nos comentários!

Você também pode gostar de ler:

O que achou do nosso conteúdo? Nos acompanhe também em nossas redes sociais:

Facebook (facebook.com/usadosbr)
Instagram (
instagram.com/usadosbr)
YouTube (
youtube.com/usadosbr)
LinkedIn (
linkedin.com/company/usadosbr)
Twitter (
twitter.com/UsadosBR)
Revista UsadosBR (
revista.usadosbr.com)

1 COMMENT

LEAVE A REPLY