Audi revela detalhes do novo A6 2019

Inspirado no A7 e A8, o sedã Audi A6 ganha novo visual, interior tecnológico e motor elétrico de 48 volts para economizar combustível

0
468
Imagem: Divulgação

A Audi lançou oficialmente a oitava geração do A6 2019. O sedã de luxo chega com visual inspirado nos irmãos maiores A7 e A8, com inovações em termos de digitalização, conforto e esportividade. O preço sugerido é der 58.050 euros. A estreia oficial do A6 acontecerá durante o Salão de Genebra, no dia 6 de março, na Suiça.

A nova geração do sedã A6 2019 ficou levemente maior, mais largo e mais alto. São 4,94 metros de comprimento, sendo assim, 7 milímetros a mais do que o seu antecessor. A largura foi aumentada em 12 milímetros passando para 1, 88 metro, enquanto a altura foi para 1,45 metro, apenas 2 milímetros a mais. O porta-malas comporta os mesmos 530 litros.

No design, o destaque fica com a grade dianteira em forma de hexágono que ficou maior, nos faróis planos em led e as entradas de ar contornadas trazem um aspecto de esportividade. As rodas são de liga leve de 21 polegadas.

O interior do novo A6 apresenta painel preto – que expressa a competência técnica e o caráter digital do sedan. O painel de instrumentos segue um layout horoizontal e criam uma sensação arejada de espaço.

O interior impressiona. Assim como no Range Rover Velar, são três telas. O quadro de instrumentos digital com tela de 12,3 polegadas de alta resolução é o conhecido Virtual Cockpit com que reproduz, além dos dados clássicos de um quadro de instrumentos, informações de GPS e de música.

No centro do painel, outra tela de 10,1 polegadas responsável pelos comandos principais do sistema multimídia, acompanhada de um sistema de som da grife Bang & Olufsen. E uma nova tela de 8,6 polegadas fica à frente da manopla e controla itens como a climatização.

Motorização Audi A6 Sedan 2019

Por enquanto, o novo Audi A6 2019 terá duas opções de motor. O V6 3.0 TFSI a gasolina que rende 345 cv e 50,1 mkgf, com transmissão de dupla embreagem S tronic de sete marchas e o V6 3.0 TDI com 290 cv e 63 mkgf, com câmbio automático Tiptronic de oito marchas. A tração integral.

Assim como no A7, as duas opções são acompanhadas por um motor elétrico de 48 volts, que substitui o propulsor a combustão em algumas situações para economizar combustível. Com isso, o A6 pode rodar com o motor desligado entre 55 e 160 km/h. De acordo com a Audi, a redução de consumo é de cerca de 0,7 litro a cada 100 km. Um híbrido plug-in só será oferecido no futuro.

Confira a galeria: 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo UsadosBR no:

Facebook (facebook.com/usadosbr)
Instagram (instagram.com/usadosbr)
YouTube (youtube.com/usadosbr)

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY