Você já está com o mesmo carro há algum tempo e quer vendê-lo? Nem sempre é fácil tomar essa decisão, afinal ele esteve com você nos bons e maus momentos. Mas, quando será o momento certo para trocar de carro?

Manutenção, desvalorização, descontinuidade do modelo e, mais recentemente, a crise causada pela pandemia do novo coronavírus são fatores que podem indicar se chegou a hora de passar seu veículo para frente.

Vale lembrar que é importante fazer uma avaliação geral da sua relação com o automóvel. Começando pela maneira como você o mantém passando por aspectos financeiros, comerciais e a satisfação pessoal.

Seja qual for o motivo, existem alguns pontos que devem ser levados em conta, antes de decidir se é o momento certo para trocar de carro.  Vamos entender quais são? Confira!

1. Gastos elevados com manutenção

Veículo com problema indicando que está na hora de trocar de carro

Todo carro tem custos de manutenção. Mas, se você precisa levar o carro para a oficina mecânica com muita frequência, está gastando mais do que o previsto.

Observe os custos de manutenção. Se perceber que há a necessidade de troca de peças diferentes daquelas que estão previstas no manual, é um sinal de que chegou o momento certo de vender o carro.

Por isso, busque a opinião do seu mecânico de confiança para que ele faça uma boa avaliação do carro.

2. Quilometragem acima dos 60 mil km

Alta quilometragem é um indicativo que está na hora de trocar de carro

Por volta dos 60 mil quilômetros, o veículo começa a demonstrar um desgaste natural em alguns componentes. Devido à deterioração, o carro exige manutenção com maior frequência.

Mas, se você faz as revisões no tempo certo e troca óleo e filtros conforme o indicado no manual, o carro pode se manter conservado por mais tempo.

É possível ter um veículo funcionando perfeitamente, mesmo com a quilometragem avançada.

Se as revisões do veículo são feitas no tempo certo e a troca de óleo e filtros conforme o indicado no manual, o carro pode se manter conservado por mais tempo.  

Nesse cenário, é importante ter uma avaliação cuidadosa para saber se se é o momento certo para trocar de carro, porque nem sempre apenas a quilometragem deve ser levada em conta.

3. Você já está com o carro há cinco anos

homem satisfeito com as condições do carro mesmo após cinco anos de uso

De forma geral, cinco anos é um bom período para ficar com seu automóvel sem grandes despesas. Lembrando que estamos falando de carros pequenos e médios.

Para carros luxuosos, o prazo é menor, pois alguns materiais que compõem as peças dos veículos, como plásticos e borrachas, correm um risco maior de se deformarem depois desse período.

Além disso, após cinco anos de utilização, é comum os carros precisarem ir para a oficina em função de problemas em vedadores buchas, coxins ou mangueiras.

Se você colocar o seu automóvel à venda enquanto ele ainda está em bom estado, maior será a chance de conseguir um bom valor por ele.

4. Mudança das suas necessidades

Família satisfeita por trocar de carro e obter um modelo maior

Se você perceber que as suas necessidades mudaram e o seu carro não atende mais, considere trocar o carro por um que esteja de acordo com sua nova realidade.

O carro novo pode vir por conta de uma rotina de viagens, que faz com que você escolha modelos mais confortáveis.

Se a sua família estiver aumentando, talvez seja a hora de optar por um carro mais espaçoso, um sedã ou um SUV são melhores opções, por exemplo. Comparamos um sedã e SUV para ajudar a decidir sobre qual é o melhor carro para família.

Seja qual for a necessidade, faça um levantamento dos pontos acima antes de trocar de carro.

5. Desvalorização do carro

Fique atento à possível desvalorização de seu veículo no mercado. Se você notar que isso está acontecendo, não demore muito para trocar, pois isso pode trazer prejuízo.

Quando um carro pode sofrer uma grande desvalorização? Nos casos em que ele sair de linha ou se uma versão recente for lançada com mudanças radicais, por exemplo. 

Alguns veículos já sofrem uma grande depreciação ao sair da concessionária. Então, leve esse ponto em consideração, tanto na hora de vender o carro quanto na hora de comprar um novo.

Por isso, se souber de algo que possa causar a desvalorização do seu carro, não demore para colocá-lo à venda.

Para se prevenir, acompanhe as novidades do mercado automotivo. Assim, você fica por dentro dos lançamentos e das mudanças nos modelos e versões. 

O blog da UsadosBR é uma excelente opção para você ficar por dentro de tudo que acontece no mercado automotivo. 

Dica extra: impactos da pandemia causada pelo coronavírus

Vender o carro em meio a pandemia causada pelo novo coronavírus também tem seus riscos e vantagens.

Muitas pessoas estão contraindo dívidas por conta da quarentena e vender o carro pode ser a solução para sair da crise. Contudo, isso não significa que você não pode vender o seu carro.

Um ponto positivo é que a produção de carros novos está caindo, dando espaço para a venda de usados e seminovos.

Entretanto, o poder de compra dos brasileiros está reduzido, o que pode diminuir os valores das propostas. Portanto, avalie com cautela se esse é o momento certo para trocar de carro.

Uma outra opção que tem sido bastante usada é a troca com troco, pessoas que desejam comprar um carro mais econômico e conseguir um dinheiro extra.

Para todos esses cenários, a melhor alternativa para quem deseja vender ou comprar um carro de forma segura é o ambiente digital. 

Como trocar de carro com segurança

No momento, manter o isolamento social é o mais importante para frear o avanço do coronavírus. A tecnologia consegue aproximar quem quer vender de quem quer comprar um veículo, sem a necessidade do contato pessoal 

Uma plataforma que possibilita essa aproximação é o site usadosBR, que pode conectar o comprador do vendedor, sem precisar sair de casa. 

Através da ferramenta, é possível fazer toda a negociação do veículo online, bem como um agendamento para o test-drive do carro, evitando o contato direto. 

Mas, lembre-se: é importante proteger o carro do coronavírus, higienizando os principais componentes do veículo antes e depois do test-drive.

Se a compra for concluída, higienize novamente o carro antes de entregar ao comprador. 

Quer trocar de carro de maneira segura? Clique aqui para anunciar o seu veículo!

Gostou do nosso conteúdo? Nos acompanhe também em nossas redes sociais:

Facebook (facebook.com/usadosbr)
Instagram (instagram.com/usadosbr)
YouTube (youtube.com/usadosbr)
Revista UsadosBR (revista.usadosbr.com)

1 COMMENT

LEAVE A REPLY